O papel da Melhoria Contínua e do Lean na Era Digital

BY KAIZEN INSTITUTE - 2018-02-19

No mundo empresarial, a capacidade de reeinvenção e inovação face ao paradigma atual é igualmente essencial para a sobrevivência de qualquer organização. Na verdade, os dados vêm confirmar esta permissa, quando apenas 12% das empresas que constavam no índice da Fortune 500 em 1955 perduram na lista aos dias de hoje.

Em 1859, na Teoria da Evolução das Espécies, Darwin destacou que - Não é a mais forte nem o mais inteligente que sobrevive. É o que melhor se adapta à mudança. Na verdade, foram os desafios constantes que permitiram uma evolução constante das espécies. A inércia ou cegueira perante a alteração da dinâmica da envolvente gerou uma seleção natural, que destaca não só a extinção dos inertes, como o aparecimento de espécies com características diferenciadas e melhor preparadas para as adversidades.

No mundo empresarial, a capacidade de reeinvenção e inovação face ao paradigma atual é igualmente essencial para a sobrevivência de qualquer organização. Na verdade, os dados vêm confirmar esta permissa, quando apenas 12% das empresas que constavam no índice da Fortune 500 em 1955 perduram na lista aos dias de hoje.

A metodologia Kaizen Lean surgiu após a 2ª Guerra Mundial, em tempo de escassez de recursos e numa profunda crise na Economia Japonesa. A necessidade de tornar as empresas japonesas altamente eficientes e rentáveis foi a prioridade do país nos anos posteriores à guerra. Com investimento, estudo das técnicas produtivas americanas e melhoria dos métodos empregues até então, foi possível revolucionar a malha industrial de um país que, mais tarde, se viria a tornar numa potência mundial. 

Hoje, vivemos tempos diferentes mas em tudo similares. A escassez de recursos naturais é uma preocupação cada vez mais presente nas agendas dos líderes e o consumo nunca esteve tão exigente. As empresas precisam de produzir de forma costumizada, com rapidez e entregar diretamente na mão do cliente, sem com isto perder qualidade. Assistimos a uma variabilidade interessante - todos os dias nascem e morrem organizações - umas vítimas da celeridade com que os mercados se desenvolvem e evoluem e outras como resposta a novos desafios. Contudo, apesar da similaridade apresentada, existe uma grande diferença de hoje para os anos 50, a qual acreditamos ser a arma mais potente para o sucesso. Esta diferença é a digitalização, aquela que se encontra presente em todas as interações humanas e com um crescimento acelerado previsto. Em pouco tempo, teremos a indústria 4.0 altamente dissiminada e serviços cada vez mais inteligentes, motivos mais do que suficientes para que as empresas comecem a olhar para a revolução digital não como uma ameaça, mas como uma oportunidade para se destacarem num ambiente cada vez mais competitivo.

É a montante que a metodologia Kaizen Lean tem um papel ainda mais primordial. Antes da introdução de soluções tecnológicas avançadas, defendemos que os processos devem estar lean e altamente otimizados. A simplificação e desenvolvimento da aptidão das equipas para melhorar de forma contínua são os alicerces para uma evolução digital sólida. Só assim todo o potencial do seu investimento poderá ser percepcionado nos resultados, com uma diminuta necessidade de resolução de problemas profundos ao longo do tempo. Esta metodologia procura mitigar todas as atividades sem valor acrescentado para o cliente, gerando aumentos de produtividade, incrementos na flexibilidade, diminuição de custos e excelência no nível de serviço.

Em suma, as empresas excepcionais ganham no curto-prazo e prosperam no longo-prazo. Este sistema de aprendizagem e melhoria contínua torna-se um ciclo virtuoso de trabalhadores mais envolvidos treinados por líderes mais capazes, convergindo em organizações mais ágeis que conseguem tomar decisões mais eficazes. A Era Digital deve ser encarada com otimismo e integrada na estratégia de qualquer organização, exigindo uma preparação urgente das empresas para a receber.

"Gostemos ou não, vivemos tempos interessantes." - John F. Kennedy


 
 
Gemba Kaizen